Infraestrutura, segurança e, claro, um visual inigualável. Estas são algumas das características da Ilha dos Jangadeiros que levam dezenas de associados a escolher o espaço para praticar atividades físicas diariamente. É o caso de Diana Clotilde Peruffo Ducati. “Eu e o Dilson, meu marido, caminhamos sempre aqui. Eu de manhã, ele à noite”, afirma Diana, que nesta sexta-feira, 31 de janeiro, exercitava-se ao lado do filho caçula, Gustavo, de 17 anos. “O bom de caminhar aqui é que posso parar para tomar água ou ir ao banheiro. Sem falar que é bem mais seguro que na rua”, pondera a psicóloga, que também é mãe do velejador Vicente Ducati.

A família Ducati, por sinal, parece mesmo saber como aproveitar a estrutura que o clube oferece. “Os meus filhos cresceram aqui; aprenderam a velejar na Escola de Vela Barra Limpa, integraram a Flotilha da Jangada”, conta, destacando que ela e o marido também frequentaram as salas de aula da EVBL. “Hoje, só o Vicente segue velejando, mas nós continuamos frequentando bastante o clube. Almoçamos nos restaurantes, caminhamos na Ilha e os guris ainda fazem churrascos com os amigos. O Jangadeiros é quase uma extensão da nossa casa”, conclui.