Arquivo para Tag: Janga News

JANGA NEWS – ED 16 – 2024

Jangadeiros reforça prevenção a acidentes de trânsito nas áreas internas

Com o objetivo de promover um ambiente seguro e responsável para todos os associados, especialmente para nossas crianças, o Clube dos Jangadeiros reforça suas medidas para evitar acidentes de trânsito nas áreas internas da Ilha. Com foco na conscientização e na prevenção, essas regras visam proteger os membros do Clube e toda a comunidade que frequenta o local .

Uma das questões é a responsabilidade dos pais com os filhos menores. O clube reforça a importância de supervisionar atentamente as crianças, especialmente em áreas de circulação de veículos. Educar os jovens sobre os riscos e as regras de trânsito desde cedo é fundamental para garantir a segurança de todos.

Outro ponto é a priorização do estacionamento de ré, para sair de frente. Essa prática, além de facilitar a visibilidade ao sair das vagas, reduz significativamente o risco de colisões e atropelamentos, tornando o ambiente mais seguro e organizado para condutores e pedestres.

A incompatibilidade entre bebida e volante também é enfatizada pelo Clube. Consciente dos perigos da combinação álcool e direção, o Clube dos Jangadeiros reforça a importância de designar um motorista responsável ou utilizar serviços de transporte alternativos para aqueles que pretendem consumir bebidas alcoólicas durante suas visitas.

Além disso, o respeito aos limites de velocidade sinalizados e demais regras de trânsito é ressaltado como uma prioridade absoluta.

O Clube incentiva seus associados e visitantes a obedecerem rigorosamente às normas de tráfego, garantindo assim a segurança do ambiente compartilhado.

 

Precursor da classe, Jangadeiros recebe Campeonato Sul-Brasileiro de 29er

O Clube dos Jangadeiros será palco, nos dias 27 e 28 de abril (sábado e domingo), do 3° Campeonato Sul-Brasileiro de 29er, uma competição que reúne alguns dos melhores talentos da vela da região.

Aleksander Sagebin de Vasconcellos, Vice-Comodoro de Esportes do clube, ressalta a importância da competição e a relevância do Jangadeiros como “precursor da 29er no país”, já que o Jangadeiros foi um dos primeiros clubes a adotar e promover a classe no Brasil. Receber o Campeonato Sul-Brasileiro, portanto, é um reconhecimento da tradição do Janga.

De acordo com o site da associação internacional da classe, “o 29er é um lugar fantástico para desenvolver suas habilidades de vela e é um barco tão emocionante que já está provando inspirar uma paixão duradoura pelo esporte em todos que navegam nele. Em sua curta vida, também se tornou o trampolim para muitos grandes velejadores que seguiram em frente para competir e vencer em nível olímpico”.

 

Feijoada com Sambalelê é sucesso de sabor e música

O Clube dos Jangadeiros brindou seus associados e convidados com um evento especial no último sábado (13): a Feijoada com Sambalelê. Realizada no deck do restaurante da Ilha, a festividade atraiu mais de 150 pessoas, que se reuniram para desfrutar de uma combinação de gastronomia e música.

A diretoria social do Clube dos Jangadeiros não deixará a animação parar por aí e planeja a próxima grande festa: a Balada do Janga, que tem uma proposta temática para resgatar os grandes sucessos dos anos 1980 e 1990.

 

Comissão do Plano Diretor se reúne para debater obras e eventos

A comissão do Plano Diretor do Clube dos Jangadeiros se reuniu na segunda-feira (15) para analisar e discutir os novos projetos de obras que estão em andamento na Ilha, bem como para revisar eventos recentes e planejar futuras obras.

Obras em andamento:

Churrasqueiras: O processo de finalização das novas churrasqueiras está em andamento, visando oferecer um espaço moderno e agradável para os associados desfrutarem momentos de convívio e lazer.

Genoa: O espaço de convívio Genoa está com reforma em andamento — parte dos recursos para essa iniciativa foi obtida com a venda do barco Comandante Espinosa. Essa reforma visa melhorar ainda mais as instalações náuticas do clube, garantindo a excelência no atendimento aos velejadores.

Outro projeto em andamento é a reforma do pavilhão destinado ao kite, a fim de modernizar e adequar as instalações para os praticantes do esporte.

 

Fim de semana terá regatas do Circuito TECON de Vela Oceânica 2024

Os dias 20 e 21 de abril terão as regatas Circuito TECON de Vela Oceânica 2024, que estavam inicialmente marcadas para os dias 13 e 14 mas foram adiadas em função da previsão climática adversa.

No sábado, haverá ainda o Sunset Circuito TECON. A partir das 17h30min, o Rio Grande Yacht Club se transformará no palco de uma festa com a banda Dona Doroteia, DJ Daniel e diversas atrações gastronômicas.

Os ingressos antecipados custam R$ 80 para associados e R$ 100 para não associados do Rio Grande Yacht Club. Os velejadores inscritos no Circuito TECON de Vela Oceânica 2024 têm acesso livre.

O Circuito TECON de Vela Oceânica 2024 é uma realização do Rio Grande Yacht Club em parceria com o TECON Rio Grande, Wilson Sons, Equinautic, Orion, Praticagem da Barra, GG Cervejaria, a cerveja oficial RGYC e Milene Sahagoff, Assessoria em Eventos. O Clube dos Jangadeiros apoia a organização.

 

Resultados das regatas de HC 16 e Wingfoil pela FEVERS

A chuva deu uma trégua no último domingo (14/04) em Porto Alegre e o Clube dos Jangadeiros realizou as regatas da temporada da FEVERS de HC16 e Wingfoil que estavam previstas.

Na HC 16, após três regatas, a vitória ficou com a dupla Gustavo Lis (timoneiro) e Claudia Welter (proeira). O segundo lugar ficou com Guilherme Cruz Borges (timoneiro) e Diego Simeonidis (proeiro).

Ian Paim, que já havia vencido duas regatas no dia anterior, se manteve na frente nas cinco regatas deste domingo e foi o grande vencedor no Wingfoil. Kike Bergalo ficou em segundo lugar. Quatorze atletas participaram das provas de Wingfoil.

Confira todos os resultados neste link.

Janga News – 15/2024

Jangadeiros finaliza obras de reforma nas churrasqueiras da Ilha

A administração do Jangadeiros finalizou a reforma das churrasqueiras no lado sul da Ilha, que haviam sido afetadas pelas enchentes do Guaíba no fim do ano passado. Ao todo, cinco foram totalmente reconstruídas e outras três foram reformadas.

Além da questão estética, houve uma preocupação com o enrocamento para evitar novos danos futuros às estruturas. O projeto, idealizado pela arquiteta Mariana Althaus, envolveu conceitos de cores e iluminação para dar um ar mais moderno ao ambiente.

“Fizemos com a maior brevidade possível. Preservamos o passado, mas procuramos dar um tom mais moderno ao clube, que é de vela mas também tem a sua parte social. As churrasqueiras são importantes, e estamos sempre voltados para os nossos associados de maneira geral”, reforçou Henrique Milano Bergallo, Vice-Comodoro Administrativo do Jangadeiros.

Clube dos Jangadeiros promove a “Feijoada com Sambalelê” no sábado

O Clube dos Jangadeiros recebe neste sábado (13) o evento Feijoada com Sambalelê. O encontro promete um dia animado ao som do melhor do samba, acompanhado de uma excelente refeição e uma oportunidade para estar próximo dos amigos.

O cenário será o deck do restaurante da ilha, proporcionando uma vista deslumbrante do Guaíba. O evento terá início às 11h45min e se estenderá até as 15h30min, oferecendo a oportunidade de desfrutar de boa música e boa comida em um ambiente único.

Ainda há ingressos disponíveis, por R$70. As reservas de mesas podem ser realizadas diretamente com o restaurante. Neste dia, a opção à la carte só será servida a partir das 16h. Garanta já a sua presença e venha se deliciar ao som do Sambalelê!

 

Escola de Vela Barra Limpa abre cursos e atividades de outono

A Escola de Vela Barra Limpa, uma das mais tradicionais do país para o ensino do esporte, divulgou a sua programação para o outono de 2024. Entre abril e julho, sócios e não-sócios do Jangadeiros podem participar.

O calendário inclui o Janga Kids, em que as crianças de 5 a 7 anos realizam atividades de integração e socialização em terra e em água, o que inclui vivência com a vela e atividades lúdicas.

Crianças a partir de 7 anos podem fazer o curso da classe optimist, nos níveis branco (conhecimento básico de barcos e navegação), azul (aprimoramento das técnicas de velejo e manobras) e vermelho (preparação para competição).

Também há programação para adultos, com os cursos Vela de Monotipo, Monotipo Básico e Velejar+Monotipo.

A Escola Barra Limpa é pioneira no ensino de vela no Rio Grande do Sul e já formou atletas da elite mundial. O ambiente seguro oferece contato com a natureza, e a equipe está preparada para lidar com as individualidades dos alunos.

As matrículas estão abertas, e as vagas são limitadas. Há descontos especiais para irmãos e crianças que trouxerem amigos no momento da inscrição.

A inscrição pode ser feita na secretaria da Escola ou pelo WhatsApp (51) 3094.5770.

 

Organização do Circuito Tecon faz ajuste de datas

Em função da previsão climática que indica ventos acima de 30 nós neste final de semana, a organização do Sunset Circuito TECON de Vela Oceânica 2024 anunciou o adiamento do evento e da Regata Pelotas-Rio Grande, que ocorreriam nos dias 13 e 14 de abril, para o final de semana seguinte, 20 e 21 de abril.

A medida tem por objetivo garantir a segurança de todos os envolvidos.

A organização do evento também enviará o marinheiro Eliandro para Pelotas no dia em que os ventos estiverem mais intensos, com o objetivo de oferecer suporte no controle das embarcações.

O Circuito TECON de Vela Oceânica 2024 é uma realização do Rio Grande Yacht Club em parceria com o TECON Rio Grande, Wilson Sons, Equinautic, Orion, Praticagem da Barra, GG Cervejaria, a cerveja oficial RGYC e Milene Sahagoff, Assessoria em Eventos. O Clube dos Jangadeiros é parceiro na organização.

 

Regatas da FEVERS no Jangadeiros

O Clube dos Jangadeiros recebe neste final de semana regatas da temporada da FEVERS nas classes HC16 e Wing, no entanto as condições climáticas ainda serão avaliadas. Por isso, a classe soling optou por não fazer regatas.

No último final de semana, nos dias 6 e 7, o clube sediou quatro regatas da temporada da FEVERS nas classes ILCA 4, ILCA 6, ILCA 7, 29er e 420.

Na 29er, Lucas Geyer e Lucas Althaus venceram todas as regatas. Na 420, Melissa Paradeda e Antonia Gick venceram as duas regatas do sábado e uma no domingo, fechando o fim de semana em primeiro.

Na classe ILCA 6, Francisco Dal Ri venceu três regatas, encerrando em primeiro.

O fim de semana também teve regatas da classe optimist – quatro de veteranos e uma de estreantes – no Veleiros do Sul. Francisco Rosito terminou os dois dias em terceiro lugar geral, o primeiro na categoria infantil masculino.

Confira todos os resultados neste link.

JANGA NEWS – ED 14 – 2024

Clube dos Jangadeiros obtém licença ambiental junto à Fepam

O Clube dos Jangadeiros obteve a Licença de Operação de Regularização junto à Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam). Esta licença é um marco regulatório importante para o clube e um compromisso renovado com a preservação ambiental e a sustentabilidade.

A obtenção da licença é o resultado de um esforço conjunto das recentes gestões como as de Pedro Pesce e o empenho incansável do seu vice-comodoro de comunicação e marketing, Alexandre Alvarez Gadret. Juntos, em parceria  com outros sócios como Márcio Lima, João Pedro Wolff, entre outros, eles articularam e lideraram o movimento para garantir a regularização das operações do clube.

O documento de licença abrange a operação da atividade de Marina, incluindo porções no continente e em ilha adjacente, destacando a importância de cuidados específicos para a preservação ambiental. Algumas das exigências contidas no documento incluem a apresentação do Cadastro Técnico Federal junto ao Ibama, a proteção das áreas de preservação permanente e a proibição da utilização de fogo e processos químicos para todas as formas de intervenções na vegetação nativa.

Além disso, a licença estipula que o clube deve manter um responsável técnico, devidamente registrado com a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), para garantir o cumprimento das condições e restrições estabelecidas no documento. Esta medida reforça o compromisso do Clube dos Jangadeiros em operar de maneira responsável e sustentável.

O documento de licença é válido até 28 de fevereiro de 2029.

A conquista reflete a dedicação do Jangadeiros em cumprir as regulamentações ambientais e em ser um agente positivo para a comunidade e o meio ambiente. O clube continua comprometido em implementar medidas adicionais para aprimorar suas práticas e contribuir para um futuro mais sustentável e saudável para todos.

Acesse a íntegra do documento.

 

Jangadeiros atualiza regras para convites

O Clube dos Jangadeiros publicou atualização do regulamento para a emissão de convites.

Entre as alterações está o aumento do número anual de convites — cada titular anfitrião terá direito a 36 convites sociais por ano. O mesmo convidado social não poderá ingressar no clube mais de três vezes ao longo de um mês, seis vezes por trimestre, ou nove vezes ao ano.

Todos os convidados devem se dirigir à secretaria do clube, que fica aberta de domingo a domingo, das 8h às 18h, sem fechar ao meio-dia.

Clique aqui para conferir a íntegra do regulamento.

 

 

Fique atento! Jangadeiros promove limpeza e organização no bicicletário

O Clube dos Jangadeiros está lançando uma iniciativa para garantir a limpeza e a organização do seu bicicletário. Até o dia 5 de maio, os donos ou responsáveis por bicicletas que estão há muito tempo sem utilização no local são convidados a se manifestarem. As imagens das bicicletas estão acima.

A ação visa manter a ordem e higiene no bicicletário, além de proporcionar um ambiente mais funcional e seguro para os associados do clube. Para isso, foram tiradas fotografias das bicicletas que estão estacionadas há um período considerável de tempo e que não foram reclamadas pelos seus donos.

É importante que os proprietários das bicicletas identifiquem-se dentro do prazo estipulado. Caso não haja manifestação até a data limite, as bicicletas listadas nas fotografias serão realocadas para uma nova destinação, buscando a otimização do espaço.

Portanto, se você é proprietário de uma das bicicletas fotografadas ou conhece alguém que possa ser, entre em contato com o Clube dos Jangadeiros o mais rápido possível para evitar a realocação das bicicletas.

 

Roberto Paradeda e Giovanne Pistorello conquistam vice sul-americano de Snipe

Roberto Paradeda e Giovanne Pistorello, do Jangadeiros, conquistaram o vice-campeonato sul-americano de Snipe, em competição disputada entre os dias 25 e 31 de março no Clube Veleiros do Sul, em Porto Alegre.

O título ficou com a dupla argentina formada por Julio Alsogaray e Malena Sciarra, do CNSP. A diferença entre as duplas ficou em um ponto no fim das oito regatas.

A dupla Alexandre Paradeda e Gabriel Kieling terminou a competição em quarto lugar.

Resultados do Jangadeiros:

2° – Roberto Paradeda e Giovanne Pistorello

4° – Alexandre Paradeda e Gabriel Kieling

10° – Lucas Mazim e Luciana Figueiredo

14° – Caio Bailly e Catarina Glashester

19° – Stefano Francavilla e Pedro Rosa

31° – George Nehm e Fabio Santarosa

33° – Francisco Dal Ri e Lucas Zorzi

38° – Adriano Santos e Marina Kist

44° – Fernando Thode e Gabriel Szabo

45° – Caio Pantoja e Bruno Falco

51° – André e Dora Wahrlich

 

Jangadeiros participa do Brasileiro de 29er no Rio de Janeiro

Duas duplas do Clube dos Jangadeiros participaram do Campeonato Brasileiro de Classe 29er entre os dias 25 e 30 de março, no ICRJ, no Rio de Janeiro.

Lucas Rech Geyer e Lucas Althaus ficaram em terceiro lugar no open e no geral. Lorenzo Balestrin e Pedro Breternitz ficaram em oitavo no open e 10° lugar geral.

O título ficou com Guilherme e Fernando Menezes, do ICSC. O Jangadeiros tem o apoio do Comitê Brasileiro de Clubes.

 

Dupla do Janga fica com o vice na Copa Norte/Nordeste de Hobie Cat 16

A dupla do Clube dos Jangadeiros formada por Mário Roberto Arantes Dubeux e Edna Melo ficou com o vice-campeonato no Campeonato Norte/Nordeste da classe Hobie Cat 16, organizado pelo Iate Clube de Aracaju.

A dupla ainda ficou em primeiro na categoria gran master.

O título geral ficou com Igor Guimarães e Nara Rocha, da Paraíba, que venceram todas as regatas da competição.

JANGA NEWS – ED 13 – 2024

Perfil Janga: Ricardo Walter encontra espaço para aventuras nas águas do Guaíba

Natação em águas abertas e longas distâncias são um desafio e tanto. Mas são também oportunidades de testar seus limites e habilidades. Foi esta a busca do associado do Jangadeiros Ricardo Walter, que completa 70 anos em 2024. No início de março, ele fez a travessia da Ilha do Presídio até a sede do clube pelo Guaíba.

“O maior desafio é manter a constância, embutir a prática na rotina do dia a dia”, destacou, ao mencionar que a travessia foi um sucesso.

“Com a parceria do Guilherme Silva, pai do Gabriel Szabo, e o suporte no bote do Peter Nehm, foi só prazer. Tivemos muita sorte com as condições climáticas. Esperamos que mais associados se motivem a participar da Fuga da Ilha em uma nova oportunidade”, acrescentou.

Ricardo começou a praticar a natação master em 2000, junto com travessias em águas abertas. Em 2009, aproveitou o nascimento do filho Lucca para se associar ao Jangadeiros com a família. O gosto de Lucca pelos barcos também o motivou a velejar, e o seu próximo objetivo é participar do Campeonato Brasileiro de ILCA em 2025.

“O Lucca começou a frequentar a escolinha de verão do Janga. Depois, passou para a escola, para a flotilha de Optimist e agora está na flotilha de ILCA. Testemunhando este desenvolvimento, comprei um ILCA em 2015. Tive cursos, aulas particulares e me sinto seguro. Gosto de velejadas”, relata.

Ricardo reforça que encontrou no Jangadeiros um ambiente esportivo e familiar ao mesmo tempo. E isso o motiva a buscar novas aventuras.

 

 

Gabriel Simões cria vaquinha para financiar sonho olímpico

“Um sonho custa caro, mas desistir custa um sonho”. É com esta mensagem que Gabriel Simões, o Dom, abre a vaquinha em busca de financiamento para buscar a vaga olímpica.

Atleta que iniciou sua carreira na vela no Clube dos Jangadeiros, “Dom” está em busca de um lugar nos Jogos de Paris, em 2024.

Gabriel é proeiro de Marco Grael na classe 49er. Ainda restam dois campeonatos para alcançar o índice, e Dom criou uma campanha de financiamento coletivo com o objetivo de comprar novas velas e alguns pequenos itens internos do barco. O valor também será utilizado na contratação de um técnico experiente na classe para estar em água orientando a dupla nas duas competições.

Para colaborar, acesse o link.

 

Jangadeiros celebra a 29ª edição da Copa Cidade de Porto Alegre

O Clube dos Jangadeiros recebeu, entre sábado (23) e domingo (24), as três regatas da 29ª edição da Copa Cidade de Porto Alegre de Vela. Foram duas no sábado, além da regata de percurso no domingo.

Confira todos os resultados neste link.

O campeão da classe ORC foi o barco El Enemigo, J-70 do skipper Samuel Albrecht, que venceu as duas últimas regatas depois de ter ficado em terceiro na primeira para conquistar o título.

Na classe RGS, o barco Magia NEO, do Jangadeiros, foi o campeão ao vencer as duas regatas do sábado. Na classe Velejaço, quatro barcos conseguiram concluir a regata única deste domingo, e o barco Galo Cinza, do Jangadeiros e comandado por Guilherme Lengler, foi o campeão.

Campeões por classe na ORC:

HPE-25

Barco: Marília – Fita Azul (Veleiros do Sul)

Comandante: Vilnei Gold Meier

Tripulação: Yan Zaffari, Henrique Dias, Rodolfo Zaffari

HPE-30

Barco: Ponta Firme (Veleiros do Sul)

Comandante: Adriano Santos

Tripulação: Theo Soria, Nicolas Mueller, Ana, Marina, Caminha, Lorezo

J-70

Barco: El Enemigo (Marinha do Brasil)

Comandante: Samuel Albrecht

Tripulação: Jorge Albrecht, Renato Plass, Alexandre Rimoli

MT-19

Barco: Enigma (SIC)

Comandante: Roberto Machado

JANGA NEWS – ED 12 – 2024

Jangadeiros organiza 29ª edição da Copa Cidade de Porto Alegre

O Clube dos Jangadeiros organiza, neste final de semana, dias 23 e 24 de março, a 29ª edição da tradicional Copa Cidade de Porto Alegre de vela.

A competição envolverá as classes ORC, HPE-25, HPE-30, RGS, MT19, J-70 e Velejaço.

“A Copa Cidade de Porto Alegre é uma das competições mais importantes para a nossa Capital e celebra o seu aniversário. Todo ano, reunimos competidores. Desta vez, vamos aproveitar a previsão de tempo bom e nos juntarmos a esta grande festa”, destaca o Vice-Comodoro de Esportes do Jangadeiros, Aleksander de Vasconcellos.

A Copa Cidade tem patrocínio do Banrisul e apoio da Quantum Sails e da Equinautic.

Programação completa:

Sábado, 23/3

12h Término das inscrições classes ORC, RGS, MT-19, HPE-30, HPE-25, J-70

13h Início da sinalização das regatas Barla-Sot: ORC, RGS, HPE-30, HPE-25, J-70 e MT-19 – Raia da Pedra Redonda

Domingo, 24/3

12h Término das inscrições para o Velejaço e Força-Livre

13h Início da sinalização das regatas média, Velejaço e Força-Livre

19h Premiação no Restaurante da Ilha

 

Feijoada com Sambalelê

 

Caio Vergo, o Minho, deixa legado de resultados e amizade na vela

O Clube dos Jangadeiros perdeu nesta semana um de seus grandes representantes. Caio Publio Piazza Vergo, associado ao clube desde 1990, morreu aos 59 anos na terça-feira (19).

Caio, formado em Engenharia de Minas pela UFRGS, foi velejador nas classes Pinguim, Snipe, 470 e Soling. Entre as principais conquistas da carreira estiveram o Campeonato Sul-Americano de 470 em 1991 e o Campeonato Brasileiro de Snipe em 1992. O velejador começou a carreira na Escola de Vela Barra Limpa, onde também foi professor por um período, e se tornou sócio laureado do Jangadeiros.

“Ele se destacou como um excelente proeiro e teve a felicidade de velejar com os melhores timoneiros da classe snipe, não ficou com apenas um. Todo mundo admirava o Minho pelo seu coração enorme, tinha uma bondade muito grande”, relembra Jorge Aydos, o Silvana, associado do Jangadeiros e amigo de Caio.

O Clube lamenta a perda do associado que sempre fará parte da nossa história e oferece sentimentos aos familiares e amigos velejadores.

 

Clube sem energia elétrica

A sede do Clube dos Jangadeiros está sem energia elétrica desde a madrugada de quinta-feira (21), quando temporal com vento e raios atingiu Porto Alegre.

A administração do clube contatou a CEEE Equatorial, que ainda não forneceu uma previsão precisa de retorno.

 

Ian Paim vence etapa do Campeonato Brasileiro de Wingfoil em Porto Alegre

O velejador Ian Paim, do Clube dos Jangadeiros, conquistou a categoria open na segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Wingfoil, disputado no Jangadeiros entre quinta (14) e domingo (17).

No domingo, não houve regatas da categoria open em função da falta de ventos. Foram quatro regatas ao longo da competição. Ian Paim venceu a terceira regata e ficou entre os cinco melhores em todas, somando 11 pontos.

Thomas Floricke, do Veleiros do Sul, e Paolo Migliorini, do Clube São Miguel do Gostoso-RN, completaram o pódio.

Confira os resultados completos.

Na categoria estreantes, o título também ficou com um atleta do Jangadeiros. Guilherme Paradeda venceu três das quatro regatas, três delas disputadas no domingo. Rodrigo Lincke Duarte, também do Janga, ficou em segundo lugar – ele venceu uma regata.

Confira aqui os resultados completos dos estreantes.

A primeira etapa da temporada foi no Rio de Janeiro, no início de fevereiro, e ainda há etapas previstas para Trairi-CE, Ilhabela-SP, Icaraizinho-CE, Gostoso-RN, Ibiraquera-SC, Maragogi-AL, Búzios-RJ e Jericoacoara-CE.

O inovador Wingfoil incorpora uma abordagem única, utilizando a prancha de foil de quilha comprida e fina para elevar o praticante acima das águas. Com a capacidade de permanecer completamente fora da água, esta modalidade combina elementos do surfe, windsurfe e kitesurfe. A adição da asa inflável, controlada pelas mãos, proporciona uma experiência dinâmica e emocionante, ampliando as possibilidades e desafios para os entusiastas de esportes aquáticos em busca de novas aventuras.

JANGA NEWS – ED 11 – 2024

Janga dá início à segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Wingfoil

Ocorreram nesta quinta-feira (14) as duas primeiras regatas da segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Wingfoil, disputado no Clube dos Jangadeiros na categoria race.

O atleta Paolo Migliorini, do clube São Miguel do Gostoso-RN, venceu as duas regatas e largou na frente na competição. Ian Paim, do Jangadeiros, está em segundo lugar geral e primeiro na categoria sênior. A sexta não teve regatas em função da falta de vento.

As regatas da segunda etapa do Brasileiro de Wingfoil serão disputadas até domingo (17) no Jangadeiros.

Clique aqui para conferir todos os resultados da quinta-feira.

Noite de alegria e reencontros no Janga Music

A primeira edição deste ano do Janga Music foi um sucesso e marcou o reencontro dos associados após o período de férias. Os ingressos se esgotaram e os participantes lotaram o restaurante da Ilha para curtir a noite de sexta-feira (08). Após um cardápio especial inspirado em comida de boteco, a noite se estendeu ao ritmo da banda Café Racers, que mais uma vez fez um show incrível e garantiu a animação da festa até a madrugada. 

 

Conversa com mulheres atrai associados à Escola Barra Limpa

O bate-papo realizado no Dia Internacional da Mulher (08) pela Escola de Vela Barra Limpa atraiu um grande número de associados e associadas. Participaram da conversa a velejadora polar Luciana Figueiredo e as técnicas Ana Barbachan e Manoela Azevedo. Elas contaram suas experiências no mundo na vela, e destacaram a importância de figuras femininas em suas trajetórias. Ao final, receberam homenagem do Clube, representado pelo Comodoro Cristiano Tatsch, pelo Vice-Comodoro de Esportes Aleksander Sagebin de Vasconcellos e Vice-Comodoro de Desenvolvimento e Marketing João Pedro Wolff. O evento foi organizado pela Diretora da Escola Tatiana Barbosa, que estava de aniversário na data e também foi homenageada.

 

Resultados do fim de semana na FEVERS

O sábado (9) foi de competição nas águas do Guaíba. O Clube dos Jangadeiros recebeu quatro regatas dos estreantes na classe optimist, e o primeiro lugar ficou com Laura Toniolo, do Veleiros do Sul. Marina Rosito, do Jangadeiros, ficou em terceiro.

Clique aqui para estes resultados.

O Veleiros do Sul também sediou regatas das classes 29er, 420, ILCA 4, ILCA 6, ILCA 7 e Snipe.

Lucas Rech Geyer e Ian Paim venceram a regata 29er. Na classe 420, Melissa Paradeda e Antonia Gick venceram. Na ILCA 6, Pedro Rosa foi o primeiro. Na snipe, Roberto Paradeda fez parte da dupla vencedora.

Clique aqui para estes resultados.

O domingo (10) teve mais regatas da FEVERS no Veleiros do Sul, nas classes ILCA 4, ILCA 6, ILCA 7, Snipe, 420 e 29er.

Entre os velejadores do Jangadeiros, Pedro Rosa ficou em primeiro na ILCA 6 com duas vitórias nas quatro regatas disputadas. Na Snipe, George Nehm e Fabio Santarosa também venceram duas das quatro regatas, ficando em primeiro no dia. Na 420, Melissa Paradeda e Antonio Gick levaram três das quatro regatas.

Por fim, na 29er, Lucas Rech Geyer e Ian Paim venceram três das quatro regatas da classe e terminaram o domingo com a melhor posição.

Clique aqui para estes resultados.

Guilherme Plentz participa do IQFoil Games na Espanha

O velejador Guilherme Plentz, do Clube dos Jangadeiros, participou no início de março do  IQFoil Games, disputado em Cádiz, na Espanha. Ele ficou em 44° lugar.

“O campeonato foi muito difícil, com ondas de mais de 3 metros e ventos acima de 25 knos. O resultado foi um pouco abaixo do esperado, pois tive um primeiro dia muito ruim, mas velejei bem. Foi um treino muito importante, já que estou indo para Palma no dia 20 de março, onde será o próximo campeonato”, destacou Guilherme. 

 

Janga News – 10/2024

Jangadeiros recebe segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Wingfoil

O Clube dos Jangadeiros recebe, entre os dias 14 e 17 de março, a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Wingfoil, que faz parte do calendário da ABWing.

As competições nas águas do Guaíba serão na modalidade Race, e o promotor é Marcelo Bernd.

A primeira etapa da temporada foi no Rio de Janeiro, no início de fevereiro, e ainda há etapas previstas para Trairi-CE, Ilhabela-SP, Icaraizinho-CE, Gostoso-RN, Ibiraquera-SC, Maragogi-AL, Búzios-RJ e Jericoacoara-CE.

O inovador Wingfoil incorpora uma abordagem única, utilizando a prancha de foil de quilha comprida e fina para elevar o praticante acima das águas. Com a capacidade de permanecer completamente fora da água, esta modalidade combina elementos do surfe, windsurfe e kitesurfe. A adição da asa inflável, controlada pelas mãos, proporciona uma experiência dinâmica e emocionante, ampliando as possibilidades e desafios para os entusiastas de esportes aquáticos em busca de novas aventuras.

Dia Internacional da Mulher

 

Janga Kids chega para estimular a cultura náutica em crianças de 5 a 7 anos

Tem uma nova atividade na programação da Escola de Vela Barra Limpa. É o Janga Kids, que chega na marola do sucesso da Jangadinha.

Trata-se de uma proposta mais lúdica, para crianças dos 5 a 7 anos, em que a vela e a ilha do Clube dos Jangadeiros são o cenário.

O Janga Kids substitui o curso Optimist nível laranja, e o objetivo é trazer crianças mais novas para iniciar o contato com a cultura náutica, formar amizades e preparar os pequenos para o Optimist nível branco.

As aulas começam agora no dia 10, e ocorrem aos domingos, das 9h30min às 12h30min, durante três domingos por mês. Crianças já inscritas no Laranja migram automaticamente para o Janga Kids.

Para mais informações, contate a Secretaria da Escola de Vela Barra Limpa pelo telefone/WhatsApp (51) 3094-5770. As inscrições estão abertas, e as vagas são limitadas.

Clique aqui para acessar o link para o formulário de inscrição.

Jangadeiros dá a largada na temporada 2024 da classe optimist

Começou oficialmente a temporada da classe optimist na vela gaúcha. Entre sábado (02) e domingo (03), o Clube dos Jangadeiros recebeu as regatas de abertura da Fevers Monotipos.

No sábado, houve uma regata para veteranos e uma para estreantes. No domingo, com ventos mais fortes, apenas os veteranos foram para a água, com três regatas.

Depois das primeiras quatro regatas, a liderança do ranking está com a velejadora Uma Creixell, do Jangadeiros, que ficou em terceiro no sábado, mas no domingo conseguiu dois primeiros e um segundo lugar.

Nos estreantes, o vencedor da única regata foi Davi Bach Radin, do Veleiros do Sul. O segundo lugar foi de Marina Rosito, do Jangadeiros.

O Clube dos Jangadeiros recebe o apoio do Comitê Brasileiro de Clubes.

Regatas da classe Hobie Cat 16

A programação do fim de semana contou ainda com três regatas da classe Hobie Cat 16. O primeiro lugar geral é da dupla Aleks Vasconcelos e Alexandre Capra, do Jangadeiros, que venceu a primeira e a terceira regatas.

Confira todos os resultados do fim de semana:

Optimist – veteranos

Optimist – estreantes

Hobie Cat 16

JANGA NEWS – ED 09 – 2024

Janga e Escola Barra Limpa promovem bate-papo no Dia da Mulher

O Clube dos Jangadeiros e a Escola de Vela Barra Limpa promovem na próxima sexta-feira, dia 8, o Bate-Papo do Dia Internacional da Mulher, uma oportunidade para falar sobre a presença feminina no mundo náutico.

As debatedoras são a velejadora Luciana Figueiredo e as técnicas Ana Barbachan e Manoela Azevedo. O evento começa às 18h, na Escola.

Nova edição do Janga Music na próxima sexta-feira

O Clube dos Jangadeiros organiza na próxima sexta-feira, dia 8, a nova edição do projeto Janga Music. A programação começa às 20h, com show da banda Cafe Racers.

O valor do ingresso é R$ 20, e o evento é aberto para associados e convidados.

O Janga Music já é um evento clássico na programação do clube e serve como uma oportunidade de confraternização e para ouvir boa música. Te aguardamos!

Jangadeiros abre a temporada de regatas da classe optimist

O Clube dos Jangadeiros sedia, neste final de semana (dias 02 e o3), as regatas de abertura da temporada da classe optimist. No sábado e domingo, a partir das 14h, estreantes e veteranos vão para a água na Regata Fevers Monotipos.

São os primeiros dias de competições, que se estendem ao longo de todo o ano de 2024.

Jangadeiros fecha cota de patrocínio com a Quantum Sails Brasil

O Clube dos Jangadeiros fechou uma parceria com a empresa Quantum Sails Brasil, fábrica de velas de barco com sede na zona sul de Porto Alegre. O patrocínio se estenderá por quatro importantes competições ao longo de 2024.

O apoio vale para a Copa Cidade de Porto Alegre, que será realizada em março, o Campeonato Sul-Brasileiro de Snipe, em setembro, o Troféu Cayrú, em outubro, e as Regatas de Aniversário do Clube dos Jangadeiros, em dezembro.

A Quantum Sails Brasil existe desde 2009, fruto de um acordo operacional com a matriz americana, e é gerenciada pela família Paradeda — associados de longa data do Jangadeiros.

“Atendemos todo o mercado nacional, desde optimist até barcos de 80 pés. Temos em nossa sede cerca de mil metros quadrados de área, com todo equipamento e tecnologia necessários para produzir velas de qualidade de classe mundial”, ressalta José Adolfo Paradeda, diretor da Quantum Sails.

 

JANGA NEWS – ED 08 – 2024

Novos barcos de oceano nas instalações do Jangadeiros

O Clube dos Jangadeiros é um espaço de aventura e bons relacionamentos. Nos últimos meses, um novo grupo tem sido ainda mais protagonista nas instalações do clube: os barcos oceânicos. São três novos desde o início do ano.

Um exemplo é o barco Cavalo Loko, do comandante Alex Sandro Lessa. Trata-se de um veleiro Neo 38, com um calado de 2m30cm, com uma quilha retrátil que vai até 1m10cm, motor Volvo Penta 29, velas de Dacron e um conforto. A embarcação conta com água quente, fogão e até cervejeira. Ela está nas instalações do Jangadeiros desde o dia 15 de fevereiro.

“A decisão de deixar a embarcação no Jangadeiros foi por conta da facilidade de ficar mais perto das competições e a grande estrutura que o clube nos proporciona”, conta Alex. “A experiência no clube tem sido fantástica. Além da estrutura do lugar, um excelente atendimento dos colaboradores. Tenho grandes amigos por lá”.

O comandante participa de competições na classe Bico de Proa e esteve, por exemplo, no 35º Circuito Oceânico de Santa Catarina.

Alex Sandro tem uma longa trajetória náutica e desde jovem utiliza monotipos. Há seis anos, associou-se ao Jangadeiros e passou a participar de regatas oceânicas a convite de um amigo. A paixão imediata foi tão grande que, desde então, já convenceu os dois filhos, a esposa, o pai e o irmão a participarem das aventuras.

“Para mim, este feito já é uma grande conquista”, comemora.

 

Pedro Rosa é campeão brasileiro de ILCA 6

Pedro Rosa, do Jangadeiros, é campeão brasileiro de ILCA 6. O título foi conquistado no último sábado (17), depois da semana de disputas no Yatch Club de Santo Amaro, em São Paulo.

Pedro foi campeão geral e sub-19 masculino.

Francisco Dal Ri foi campeão sub-17 e terceiro colocado geral, reforçando o grande desempenho do Jangadeiros na competição.

Na classe ILCA 7, Antonio “Totó” Rosa ficou em terceiro na categoria sênior e em sétimo lugar geral. Lucas Mazim foi o técnico da flotilha.

 

Resultados do Jangadeiros

ILCA 6

Pedro Rosa – 1° sub-19, 1° geral

Francisco Dal Ri – 1° sub-17, 3° geral

Leonardo Anzolch – 2° sub-15, 28° geral

Gabriel Szabo – 11° sub-19, 37° geral

Gustavo Coronel – 13° sub-19, 51° geral

Marina Kist – 4ª sub-21 fem., 56ª geral

Marco Antônio Raymundo – 17° sub-17, 68° geral

 

ILCA 7

Antonio Rosa – 3° sênior, 7° geral

 

Cruzeiro para a Praia do Tranquilo proporciona contato com a natureza

Os associados cruzeiristas do Clube dos Jangadeiros realizaram, em parceria com o clube, um cruzeiro para a Praia do Tranquilo no dia 17 de fevereiro.

Em torno de 15 barcos e 30 pessoas fizeram parte da atividade, que teve saída no Jangadeiros e chegada na sede da CEEE, realizada com bote de apoio fornecido pelo clube.

“Fizemos um belo churrasco em meio à natureza e de frente para uma praia cheia de barcos”, celebrou Fernando Magalhães, diretor de vela Cruzeiro do Clube dos Jangadeiros.

O grupo já planeja novas aventuras para os próximos meses, o que poderá incluir a participação em um evento de cruzeiro organizado pelo Clube Náutico de Itapuã.

JANGA NEWS – ED 07 – 2024

Luciana Figueiredo: Do sonho náutico a uma expedição de um mês na Antártica

Na seção “Perfil Janga”, falamos com associados do Clube dos Jangadeiros que viveram experiências únicas e têm boas histórias para contar.

Um barco é muito mais do que objeto capaz de flutuar. Para quem ama estar na água, é uma ferramenta para a realização de sonhos. E assim foi a trajetória da médica Luciana Filchtiner Figueiredo, associada do Clube dos Jangadeiros. Depois do início na Escola de Vela Barra Limpa há dois anos, evoluiu rapidamente para tirar do papel o plano de visitar o extremo sul do mundo, a Antártica.

No fim de 2023, Luciana embarcou numa aventura capitaneada pela australiana Cath Hew e iniciou sua jornada de um mês, de 17 de novembro a 17 de dezembro, pelo continente gelado.

“Partimos de Ushuaia no veleiro Icebird, um Van de Stadt 61 pés com mastreação Aerorig, a mesma do Veleiro Parati II do Amyr Klink”, relembra Luciana. “O início da viagem atrasou um pouco, pois precisávamos esperar o momento certo para cruzar o temido Drake. A travessia foi tranquila e levou quatro dias. Passamos quase 20 dias na Antártica, todo tempo embarcados, ancorando a cada dois ou três dias num local diferente e depois regressando para Ushuaia. Eram nove pessoas desconhecidas num espaço restrito e, antagonicamente, grandioso”.

O início

Luciana Figueiredo iniciou sua trajetória náutica em 2022, com aulas experimentais de vela no Clube dos Jangadeiros. Logo em seguida, fez consecutivamente o curso de monotipo básico na Escola de Vela Barra Limpa, o curso de iniciação à regata e o curso básico de vela de cruzeiro. A paixão foi imediata, ela se associou ao Jangadeiros e comprou um barco snipe para competir.

“Com esse envolvimento intenso com a vela, fui estudando e conhecendo muitas pessoas da área, dentre elas o Charlie Flesch, do canal Homo Zarpiens. Nos encontramos, e ele me contou suas aventuras na Antártica e o caminho que havia trilhado para chegar lá, me fazendo acreditar que era possível ir também. Assim, aquele sonho grande e distante de menina passou a ser um objetivo”, conta.

Transformando sonho em realidade

A ideia de Luciana era viajar à Antártica num veleiro de expedições, ter a liberdade de explorar o continente por mais tempo.

“No início, achei uma loucura ficar 30 dias afastada. Médicos não ficam incomunicáveis, nem tiram 30 dias de férias. Mas como era um desejo muito forte, tomei coragem de fazer diferente e zarpei para essa aventura”, relembra.

Foram quase 20 dias na parte mais meridional do mundo, o único continente que não tem população permanente e o mais difícil para um ser humano sobreviver. Isso permitiu, segundo Luciana, “ter contato com uma natureza intocada e muito diferente de qualquer outro continente. Observar de perto a diversidade da vida animal na região. Navegar na Península Antártica e nos mares do extremo sul. Me desafiar com uma experiência de muita reflexão e crescimento pessoal, desconectada da vida cotidiana.”

Do desejo inicial, que passou pela introdução à vida náutica no Jangadeiros, até o retorno ao Brasil, Luciana Figueiredo construiu algumas das melhores memórias da sua vida.

“Foram 30 dias vivendo com mínimas necessidades pessoais, mas em paralelo de forma tão intensa, que realmente senti um pertencimento a essa natureza tão crua e pura. Isso é um privilégio. Por ser médica e ter trabalhado em muitas situações extremas, eu acredito em viver com intensidade tudo o que tem sentido para ti. Realizar um sonho como esse te impulsiona a ir adiante por mais experiências e dar valor às coisas simples”.

 

Resultados parciais do Campeonato Brasileiro de ILCA

O Clube dos Jangadeiros tem nove representantes nas disputas do Campeonato Brasileiro de ILCA, que ocorre entre os dias 10 e 17 de fevereiro no Yacht Club Santo Amaro, em São Paulo. O técnico Lucas Mazim acompanha a delegação.

Até o fechamento dos resultados parciais da quinta-feira (15), o velejador Pedro Poyastro Rosa lidera o 31° Campeonato de ILCA 6 — primeiro lugar geral e na categoria masculino sub-19.

Antônio “Totó” Rosa é o único competidor do Janga no 50° Campeonato Brasileiro de ILCA 7. Até os resultados finalizados na quinta-feira, ele ocupa o sétimo lugar geral — o primeiro é o lendário Robert Scheidt, dono de cinco medalhas olímpicas, incluindo ouros em Atlanta 1996 e Atenas 2004. Totó está em quarto lugar na categoria sênior.

Resultados parciais até a quinta-feira:

ILCA 6

Pedro Rosa – 1° no sub-19, 1° no geral

Francisco Dal Ri – 3° sub-17, 7° geral

Luiz Felipe Giagio do Amaral – 2° sub-19, 10° geral

Gabriel Szabo Silva – 8° no sub-19, 24° geral

Leonardo Bottini Anzolch – 9° no sub-17, 38° no geral

Gustavo Lamego Coronel – 11° no sub-19, 45° no geral

Marina Kist, 5ª no sub-21 feminino, 60ª no geral

Marco Antônio Twardowski Raymundo, 21° no sub-17, 69° no geral

 

ILCA 7

Antônio “Totó” Rosa – 4° lugar sênior, 7° lugar geral

 

André e Anne Oliveira conquistam título no 57° Encontro da Vela de São Lourenço do Sul

O Clube dos Jangadeiros teve uma grande representação no 57° Encontro da Vela de São Lourenço do Sul, realizado entre os dias 10 e 13 de fevereiro no Sul do Estado, no Iate Clube São Lourenço do Sul.

O grande destaque foi a dupla formada pelo pai André Oliveira e pela filha Anne, que ficou em primeiro lugar na classe RGS, com o barco Catuipe.

Anne Rodrigues de Oliveira e Manuela Hofstatter eram as representantes que moram em São Lourenço. A flotilha também teve Fernanda Schramm, Maria Clara Hiltl, Miguel Moreira Cuchiara, Rafael Bortolon de Oliveira, Rodrigo Zambelli Cerqueira e Sofia Zambelli Cerqueira entre as crianças.

Entre os adultos, Márcio Hilt e Anderson Oliveira competiram na classe Snipe.