Comandante Márcio Lima e tripulação marcarão presença na Regata Internacional Recife – Fernando de Noronha que terá sua largada no dia 12 de outubro, a partir das 12h.

Uma das regatas mais prestigiadas do Brasil já tem a confirmação de participação de uma embarcação do Clube dos Jangadeiros. O barco Maná, do Comandante Márcio Lima, estará na Refeno 2019 – a Regata Internacional Recife – Fernando de Noronha, que terá sua largada no dia 12 de outubro, a partir das 12h, no Marco Zero de Recife.

Em preparação para o evento, o barco atualmente está no porto do clube recebendo os últimos ajustes e manutenções antes da partida, que será na metade do mês de junho. “O Maná recebeu manutenção intensa. Foram realizadas pinturas de fundo, manutenção nas bombas, na elétrica, no sistema de leme e também upgrade nos instrumentos eletrônicos”, conta Márcio.

Comandante Márcio Lima realizando ajustes no barco. Foto – William Dias.

A tripulação será formada por oito velejadores do clube. Na programação para o evento, Márcio revela que o veleiro vai partir rumo à Santa Catarina ou Rio de Janeiro, seguirá para Vitória e depois Abrolhos, na Bahia. “A ideia é subir aos poucos para participar da Refeno. Depois de Abrolhos, iremos rumo a Salvador, onde participaremos da Regata Aratu-Maragojipe, em agosto”, completa o comandante.

A expectativa é alta em participar de um dos maiores encontros da vela no país, a Refeno. “Esse evento é muito mais do que uma regata. É um momento que reúne velejadores de todo Brasil e do exterior em um paraíso da natureza. Os ventos alísios estão à espera de todos e queremos velejar rápido e fazer bonito, chegando na frente”, disse.

Organizado pelo Cabanga Iate Clube, a Regata Internacional Recife – Fernando de Noronha (Refeno) foi criada em 1986, com apenas 22 participantes. Os barcos partem do Marco Zero, ponto turístico do Recife e seguem com destino a Fernando de Noronha, contabilizando 300 milhas náuticas de percurso, ou 560 km entre céu e mar.